Entrevista

Motorista fala da importância da operação de prensas para a Morada e o país

Walter Ribeiro Serra Azul Filho é um dos motoristas da Operação de Prensas da Morada. Com quase três anos de empresa, ele já trabalhou em mais de 10 cidades pelo Brasil e conta um pouco da sua experiência nessa rotina e o que achou do último workshop realizado para os operadores. Confira a entrevista!

 

Como é sua rotina de trabalho na operação de prensas e qual a importância dela para a Morada e para toda a sociedade?
Walter Nós vamos até os sucateiros, prensamos a sucata que eles coletaram e carregamos até a usina, que transforma tudo em material reciclado. Acho que é uma operação muito importante não só em termos financeiros, mas pela participação da Morada e da Arcelor no processo de reciclagem de todo o país e do nosso ecossistema.

Durante o evento no fim do ano, foram abordados temas relacionados à segurança. O que você achou das palestras e ações?
WalterAchei muito interessante a forma como o tema segurança foi abordado, com teatro e atores, porque foi diferente de palestra que a gente só ouve. Dessa vez conseguimos visualizar a importância de usar os cones, os EPI’s, além do lugar onde foi realizado o encontro, que foi muito agradável.

Esse evento é uma oportunidade única de reunir toda a equipe da operação uma vez por ano. O que você acha desse encontro?
WalterCostumo chamar esse encontro de sensor de fim de curso, é o nome de um sensor que apita quando a operação de prensa termina, sinalizando para o operador que é hora de parar. É um momento pra gente se encontrar pessoalmente, confraternizar e celebrar porque se estão todos ali juntos é porque estão todos com saúde e porque o ano terminou bem.

A morada está passando por um importante momento de reestruturação, crescimento e conquistas. Como você avalia esse cenário de mudanças?
WalterToda mudança é bem-vinda porque é para melhorar, ninguém muda para piorar. Estamos dando importantes passos a frente, isso é bom. Espero muitas coisas melhores para 2019.

O que você acha de trabalhar na Morada?
WalterA Morada respeita a gente, valoriza o colaborador. Não é uma empresa que vê a gente como cifrão, mas como ser humano, principalmente na forma de nos tratar e em ralação à nossa segurança.

Notícias relacionadas

Entrevista

Ser mulher no segmento de transportes

Institucional

Salvar Vidas. Esse é o objetivo do Programa + Saudável + Seguro